quinta-feira, 30 de agosto de 2012

SABEDORIA INDÍGENA XI

Imagem: Google
“Quando nós mostramos o nosso respeito por outros seres vivos, eles respondem com respeito por nós.”

Arapaho


segunda-feira, 27 de agosto de 2012

ILUMINANDO A SEMANA

Imagem: Google
Lá Vem o Sol

The Beatles
Lá vem o sol,
Lá vem o sol
E eu digo
Que está tudo bem

Queridinha,
Tem sido um inverno longo, frio e solitário
Queridinha,
Parece que fazem muitos anos desde que ele esteve aqui
Lá vem o sol,
Lá vem o sol
E eu digo
Que está tudo bem

Queridinha,
Os sorrisos voltaram aos rostos,
Queridinha,
Parece que fazem muitos anos desde que ele esteve aqui
Lá vem o sol,
Lá vem o sol
E eu digo
Que está tudo bem

Sol, sol, sol, aqui vem ele ...
Sol, sol, sol, aí vem ele ...
Sol, sol, sol, aí vem ele ...
Sol, sol, sol, aí vem ele ...
Sol, sol, sol, aí vem ele ...

Queridinha,
Eu sinto que o gelo está derretendo lentamente
Queridinha,
Parece que fazem muitos anos desde que ficou claro
Lá vem o sol,
Lá vem o sol
E eu digo
Que está tudo bem
Lá vem o sol,
Lá vem o sol
Está tudo bem
Está tudo bem

HERE COMES THE SUN - THE BEATLES

video

sábado, 25 de agosto de 2012

O SILÊNCIO DOS LOBOS

Imagem: Google
"Pense em alguém poderoso.
Essa pessoa briga e grita como uma galinha ou olha em calmo silêncio, como um lobo?

Lobos não gritam. Eles têm uma aura de força e poder. Observam em silêncio. Somente os poderosos, sejam lobos, homens ou mulheres, respondem a um ataque verbal com o silêncio.

Além disso, quem evita dizer tudo o que tem vontade, raramente se arrepende por magoar alguém com palavras ásperas e impensadas.

Exatamente por isso, o primeiro e mais óbvio sinal de poder sobre si mesmo é o silêncio em momentos críticos.
Se você está em silêncio, olhando para o problema, mostra que está pensando, sem tempo para debates fúteis.
Se for uma discussão que já deixou o terreno da razão, quem silencia e continua a trabalhar mostra que já venceu, mesmo quando o outro lado insiste em gritar a sua derrota.

Olhe... Sorria... Silencie... Vá em frente...

Lembre-se de que há momentos de falar e há momentos de silenciar. Escolha qual desses momentos é o correto, mesmo que tenha que se esforçar para isso.

Por alguma razão, provavelmente cultural, somos treinados para a (falsa) idéia de que somos obrigados a responder a todas as perguntas e reagir a todos os ataques. Não é verdade. Você responde somente ao que quer responder e reage somente ao que quer reagir. Você nem mesmo é obrigado a atender seu telefone pessoal.

Falar é uma escolha, não uma exigência, por mais que assim o pareça.

Você pode escolher o silêncio.

Além disso, você não terá que se arrepender por coisas ditas em momentos impensados, como defendeu Xenócrates, mais de trezentos anos antes de Cristo, ao afirmar: "Me arrependo de coisas que disse, mas jamais do meu silêncio."


Responda com o silêncio, quando for necessário. Use sorrisos, não sorrisos sarcásticos, mas reais. Use o olhar, use um abraço ou use qualquer outra coisa para não ter que responder em alguns momentos.

Você verá que o silêncio pode ser a mais poderosa das respostas. E, no momento certo, a mais compreensiva e real delas."

Recebi este texto por e-mail em slides e adorei, por isso, resolvi postar no meu blog. A autoria dele é atribuída a Aldo Novak:

Eu concordo plenamente, existem muitas maneiras de resolver as coisas sem discussões, tudo depende da forma como se fala, pode-se dizer grandes verdades sem ofender, tenho pavor de gente que gosta de bater boca, de discutir, na verdade não passam de desequilibradas pois quando uma pessoa provoca, incomoda ou persegue a outra a intenção é justamente desestabilizá-la, fazer com que o outro se encha de ódio e raiva, entrar em sintonia com aquele energia ruim e negativa mas se a pessoa ignora, deixa de ser atingida e o ódio acaba ficando com quem tentou desestabilizar mas não conseguiu por isso acho burro quando alguém diz que não leva desaforo para casa, a partir do momento que se entra numa briga ou vingança, se esta levando desaforos para casa porque se está dando a oportunidade e a abertura para o outro atingi-lo mas ao ignorar aí sim não estará levando desaforo para casa porque esta pessoa passa a ser invisível e insignificante, isso também me fez lembrar o texto de Dalai Lama quando fala que "a sua paz interior, depende exclusivamente de você. As pessoas não podem lhe tirar a calma, só se você permitir..."

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

PENSAMENTO INDÍGENA X

Imagem: Google
“Os pensamentos são como flechas uma vez lançadas alcançam o seu alvo. Seja cauteloso ou poderá um dia ser sua própria vítima.”

Provérbio Navajo

sábado, 18 de agosto de 2012

APRENDIZADO

Imagem: Gettyimages
“Eu aprendi... Que crescer não significa fazer aniversário. Que o silêncio é a melhor resposta, quando se ouve uma bobagem. Que trabalhar não significa só ganhar dinheiro. Que sonhos estão aí para serem alcançados. Que amigos a gente conquista mostrando o que somos. Que os verdadeiros amigos sempre ficam com você até o fim. Que a maldade se esconde atrás de uma bela face. Que não se espera a felicidade chegar, mas se procura por ela. Que quando pensamos saber tudo temos ainda muito a aprender. Que a natureza é a coisa mais bela na vida. Que amar significa se dar por inteiro. Que um só dia pode ser mais importante que muitos anos. Que se pode conversar com estrelas. Que se pode confessar com a lua. Que se pode viajar além do infinito. Que ouvir uma palavra de carinho faz bem a saúde. Que dar um carinho também faz. Que sonhar é preciso. Que se deve ser criança a vida toda. Que nosso ser é livre. Que o julgamento alheio não é importante. Que o que realmente importa é a paz interior.”

Desconheço a autoria


terça-feira, 14 de agosto de 2012

GOLFINHOS

Imagem: Google
Um dos meus passeios favoritos são os passeios de barco e ver os golfinhos bem de perto, no verão é perfeito, na ilha de Santa Catarina tem as escunas que realizam passeios com segurança e permitem conhecer as ilhas e costas através do mar. A Baía dos Golfinhos é uma baía de águas calmas, o local é abrigo de aproximadamente 80 golfinhos que ali vivem e proporcionam um verdadeiro espetáculo, localizada na enseada da antiga Ponta da Armação, é o habitat de uma colônia de golfinhos que vivem em harmonia e não se afastam mais do que 25 metros da enseada. Próxima a Ilha de Anhatomirim, a Baia dos Golfinhos é também uma reserva de proteção ambiental destinada a preservação deste mamíferos marinhos. A visitação é feita de forma a não perturbar o equilíbrio local, com motores em marcha lenta e desligados, para não afetar o delicado sistema de sonar dos animais. Não se deve alimentar os golfinhos.

(VIDEO INTERNET)

video

sábado, 11 de agosto de 2012

O QUE É O AMOR PARA VOCÊ?

Imagem: Google
Bem, pra mim amor é quando existe companheirismo, união e cumplicidade e não há espaço para uma terceira pessoa e traição. Muitas pessoas dizem que se apaixonar é ter o outro em suas mãos eu discordo totalmente, porque quem pensa desta maneira não tem boas intenções, só pessoas mal intencionadas querem ter alguém em suas mãos para manipular, isso jamais será amor, pode ser qualquer coisa menos amor, quem ama de verdade jamais fará uma coisa desta e quem tem amor próprio também jamais se sujeitará a ser marionete na mão de alguém, ninguém é preciso se submeter a alguém, isso é uma distorção do que é amor, não pode ser algo unilateral que somente um tem que satisfazer a vontade do outro sem ser recíproco, muitos só querem tirar vantagem, se aproveitar ao máximo, isso nunca será amor mas exploração, só acho que o amor de verdade ninguém subjuga ninguém, há uma confluência de sentimentos e um querer o bem do outro, consequentemente um querer agradar o outro, acho que o amor mesmo é assim, não é egoísta, mesmo quando as pessoas são diferentes e pensam diferente se existe amor elas entram em harmonia e não dão espaço para brigas e discussões, acredito que quando se encontra um amor sincero e verdadeiro ele dura uma vida toda pois naturalmente existe lealdade, cumplicidade, respeito, carinho, amor, fidelidade, isso é um processo espontâneo, se sobrevive as tempestades e aos desgastes que ocorrem devido a convivência, mas quando não existe amor e respeito, não dura mesmo nem um mês, e a vida de cada um esta em suas próprias mãos e não nas mãos de ninguém.

IS THIS LOVE - WHITESNAKE


video

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

SABEDORIA INDÍGENA IX


Imagem: Gettyimages
“Seremos conhecidos para sempre pelas pegadas que deixamos.”

Dakota

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

RECICLAGEM

Foto: lula helfer / gazeta do sul / cp
Algumas atitudes tão simples e fáceis do dia a dia podem fazer grande diferença na vida de muitas pessoas e para o bem geral. Algo tão banal como não jogar o óleo de cozinha no ralo da pia, por exemplo: após as frituras quando o óleo já esta saturado eu coloco este óleo em um vidro para entregar para reciclagem, bem próximo do local em que moro tem uma universidade que recolhe óleo de cozinha, é levado para reciclagem. Também nas segundas-feiras passa o caminhão do lixo reciclado, eu costumo separar o lixo seco, tipo embalagens, vidros, potes, papéis, o lixo orgânico do inorgânico, é algo simples de fazer já é automático (ao invés de jogarem o lixo no chão deveriam separar para entregar para reciclagem, tão fácil e educado), se todos fizessem isto que maravilhoso seria, assim mais empregos gera para as pessoas que trabalham nesta área, menos poluição, o país se desenvolve e assim diminui a criminalidade e a violência. Nos dias de chuvas quando ocorre alagamentos um dos motivos do entupimento dos esgotos é devido ao lixo, então todos quando estão na rua nos dias de chuva estão sujeitos a enfrentar perigosos alagamentos porque não fizeram a sua parte porque não estão nem ai, porque acham que não é com eles, porque acham que não importa, porque acham besteira, inúmeros motivos que nada mais é do que falta de conhecimento, conscientização e educação, eu acredito que se pode construir um país melhor começando por nós mesmos, eis um belo exemplo realizado na Cidade de Venâncio Aires no Rio Grande do Sul o projeto que transforma o agente poluidor em material de limpeza, vejam só:

Produção na sede do Óleo Futuro, iniciativa que ganhou apoiadores na comunidade, chega a 150 barras por mês

Projeto que transforma óleo usado em sabão reforça renda de voluntárias


O trabalho de um grupo de voluntárias em Venâncio Aires transforma um dos principais agentes poluidores do meio ambiente em material útil para a limpeza em residências e estabelecimentos comerciais e industriais. Criado há cinco anos na Comunidade São João Batista, no bairro Brands, o projeto Óleo Futuro começou com dez pessoas, realizando o recolhimento do produto usado nas casas para a fabricação de sabão.

Inicialmente, toda a produção destinou-se ao consumo próprio. Aos poucos, mulheres de outras comunidades integraram-se às atividades, e o trabalho passou a ser realizado no pavilhão São Sebastião Mártir, no centro da cidade. A iniciativa ganhou impulso com a aprovação na Câmara de Vereadores, em setembro de 2009, da lei municipal que proíbe estabelecimentos comerciais, indústrias e prestadores de serviços de descartarem óleos ou gorduras na rede coletora de esgoto, em águas pluviais, no lixo ou em locais que possam causar prejuízo ambiental. Com a medida, o grupo passou a receber maior volume do produto saturado.

As participantes também ganharam ajuda da prefeitura com a locação de uma casa, na rua Joaquim Correa Lima, que passou a ser a sede do projeto. A Câmara do Comércio e da Indústria e o Centro Promocional João XXIII tornaram-se apoiadores. Hoje, o grupo integra a ONG Associação De Olho no Futuro. Há pontos de coleta de óleo saturado nos supermercados, e a entrega também pode ser feita diretamente na sede. Um automóvel locado é utilizado para recolher o produto nos restaurantes.

A coleta chega a 800 litros mensalmente e a produção atinge até 150 barras por mês. Há ainda fabricação de sabão líquido. O material é vendido a empresas e utilizado pelas participantes. O dinheiro serve para a compra de soda e álcool usados na produção, além do pagamento do motorista e de despesas de manutenção. A sobra é dividida entre as voluntárias. A tesoureira da ONG, Ivone Gregory, diz que, para aumentar a produção, a população pode contribuir mais com a entrega do óleo saturado. Um litro do produto em contato com o recurso hídrico contamina 1 milhão de litros de água. Despejado na pia ou descartado de forma inadequada, causa entupimento na rede de esgoto.

FONTE: Aqui