sábado, 25 de agosto de 2012

O SILÊNCIO DOS LOBOS

Imagem: Google
"Pense em alguém poderoso.
Essa pessoa briga e grita como uma galinha ou olha em calmo silêncio, como um lobo?

Lobos não gritam. Eles têm uma aura de força e poder. Observam em silêncio. Somente os poderosos, sejam lobos, homens ou mulheres, respondem a um ataque verbal com o silêncio.

Além disso, quem evita dizer tudo o que tem vontade, raramente se arrepende por magoar alguém com palavras ásperas e impensadas.

Exatamente por isso, o primeiro e mais óbvio sinal de poder sobre si mesmo é o silêncio em momentos críticos.
Se você está em silêncio, olhando para o problema, mostra que está pensando, sem tempo para debates fúteis.
Se for uma discussão que já deixou o terreno da razão, quem silencia e continua a trabalhar mostra que já venceu, mesmo quando o outro lado insiste em gritar a sua derrota.

Olhe... Sorria... Silencie... Vá em frente...

Lembre-se de que há momentos de falar e há momentos de silenciar. Escolha qual desses momentos é o correto, mesmo que tenha que se esforçar para isso.

Por alguma razão, provavelmente cultural, somos treinados para a (falsa) idéia de que somos obrigados a responder a todas as perguntas e reagir a todos os ataques. Não é verdade. Você responde somente ao que quer responder e reage somente ao que quer reagir. Você nem mesmo é obrigado a atender seu telefone pessoal.

Falar é uma escolha, não uma exigência, por mais que assim o pareça.

Você pode escolher o silêncio.

Além disso, você não terá que se arrepender por coisas ditas em momentos impensados, como defendeu Xenócrates, mais de trezentos anos antes de Cristo, ao afirmar: "Me arrependo de coisas que disse, mas jamais do meu silêncio."


Responda com o silêncio, quando for necessário. Use sorrisos, não sorrisos sarcásticos, mas reais. Use o olhar, use um abraço ou use qualquer outra coisa para não ter que responder em alguns momentos.

Você verá que o silêncio pode ser a mais poderosa das respostas. E, no momento certo, a mais compreensiva e real delas."

Recebi este texto por e-mail em slides e adorei, por isso, resolvi postar no meu blog. A autoria dele é atribuída a Aldo Novak:

Eu concordo plenamente, existem muitas maneiras de resolver as coisas sem discussões, tudo depende da forma como se fala, pode-se dizer grandes verdades sem ofender, tenho pavor de gente que gosta de bater boca, de discutir, na verdade não passam de desequilibradas pois quando uma pessoa provoca, incomoda ou persegue a outra a intenção é justamente desestabilizá-la, fazer com que o outro se encha de ódio e raiva, entrar em sintonia com aquele energia ruim e negativa mas se a pessoa ignora, deixa de ser atingida e o ódio acaba ficando com quem tentou desestabilizar mas não conseguiu por isso acho burro quando alguém diz que não leva desaforo para casa, a partir do momento que se entra numa briga ou vingança, se esta levando desaforos para casa porque se está dando a oportunidade e a abertura para o outro atingi-lo mas ao ignorar aí sim não estará levando desaforo para casa porque esta pessoa passa a ser invisível e insignificante, isso também me fez lembrar o texto de Dalai Lama quando fala que "a sua paz interior, depende exclusivamente de você. As pessoas não podem lhe tirar a calma, só se você permitir..."

13 comentários:

  1. Que bonito texto, Bia.
    Temos que ter equilibrio,
    muita calma nessa hora rssss
    Bia, você viu que linda a homenagem p John Lennon no encerramento das olimpiadas? Lindo demais.

    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Bonita reflexão. Salomão tinha razão: "falar é prata, mas ouvir é ouro"

    Boa noite, Bia.

    ResponderExcluir
  3. Linda lição, Bia!
    Realmente, a gente "ganha" mais quando evita certas discussões.
    beijos e lindo final de semana.

    ResponderExcluir
  4. Somente os forte consegue rebater uma fronta com o silêncio!
    Eu já não consigo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Bia!!!
    Postagem nota 10!!!

    Mas confesso... Tem horas que falo mais do que devo. Um dia eu aprendo...

    Beijos

    Selma

    ResponderExcluir
  6. Bia!! Lindo texto, leva bastante à reflexão..amei!Bjs.Sandra

    ResponderExcluir
  7. Falar em silêncio às vezes é a melhor resposta para quem escuta.

    Bjinhos, linda mensagem!

    Ótimo domingo! =**

    ResponderExcluir
  8. ola vim ver o seu magnifico blog, estão lindos os posts como sempre, tive afastado da blogosfera mas voltei. vem ver os meus novos poemas por favor http://assombrado-mc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Bia, lindíssimo texto. É o que sempre digo na maioria das discussões... prefiro ficar calada. Muita gente acha que sou em cima do muro e que não sei brigar, mas sempre é melhor refletir antes de falar bobagem.
    Beijo grande e ótima semana.

    ResponderExcluir
  10. Muito real e verdadeiro, porém as vezes é tão dificil silenciar né?Mas enfim, realmente o silencio como mostrado no post é o melhor caminho.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Bia
    Maravilhoso texto.
    A medida que vivemos vamos aprendendo que o silêncio fala muito mais por nós.

    Boa tarde
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Quando meu marido pisa na bola, só faço olhar pra ele em silêncio e aí ando dentro de casa. Ele já sabe que fez algo que não deveria. As pessoas sabem interpretar o silêncio. Nem sempre dizer tudo o que pensa é sinal de poder.Na verdade é mais sinal de falta de domínio próprio.

    Bjs!

    ResponderExcluir