segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

PENSAMENTO INDÍGENA

Imagem: Google
"A minha espada é o amor,
O meu escudo é o humor,
O meu espaço é a coerência,
O meu texto é a liberdade.


Perdoem-me, se a minha felicidade é insuportável,
mas não escolhi o bom senso comum.


Prefiro a imaginação dos índios,
que tem embutida a inocência.
É possível que tenhamos que ser apenas humanos.

Sem Amor nada tem sentido,
sem Amor estamos perdidos,
sem Amor corremos de novo o risco de estarmos
caminhando de costas para a luz.

Por esta razão é muito importante
que apenas o Amor
inspire as nossas ações.

Não sou um sábio,
sou apenas um ser apaixonado pela vida."

“Declaro-me vivo!” é um poema escrito pelo índio 
Chamalú” da tribo Quéchua.

15 comentários:

  1. Aeeê Bia amei de ver vc falando italiano aqui no seu blog, muito bem!
    Olha eu vou lá visitar os 2 sites que vc indicou, a dica foi ótima.

    Fiquei surpresa com a personalidade de Keanu Reeves menina, agora gosto dele ainda mais...rsrs

    Essa semana voce falou em 2 das coisas mais importantes da vida para um ser humano: o amor e a educação.
    São a base da felicidade para uma vida digna, escrito em poema lindo (o amor) e num texto completo e bem escrito (a educação).
    Beijos com carinho,
    Ester

    ResponderExcluir
  2. Oi Ester!!!
    Até me emocionei com suas palavras, obrigada!!!
    Estou aprendendo italiano com o amigo Antonio que te falei, espero que goste dos blogs dele.
    Sempre fico feliz com sua visita!!!

    Buona settimana

    Tanti baci

    Bia

    ResponderExcluir
  3. Olá amor meu, eu tinha que dar uma corrida aqui, não me surpreende suas palavras tão maravilhosas, uma bela escolha para partilhar, rendo minhas homenagens tbém a vc, vc é fantástica sempre, nasceu bela e límpida minha adorável amiga, assim que eu tiver tempo vou fazer um carinho para vc, sei que merece muito mais que minhas palavras, quero demosntrar minha gratidão e o quanto admiro vc, logo qu eeu tiver um tempo te aviso ok.Mil beijos e abraços de urso.
    Com carinho
    Hana

    ResponderExcluir
  4. Oi Hana!!!
    Obrigada e é exatamente o mesmo que penso em relação a você que tanto admiro e agradeço a Deus por ter colocado no meu caminho! Imagina nem precisa se preocupar... sou timida e realmente não gosto de chamar atenção... por isso só de saber que as pessoas que eu amo também tem afeto por mim já está mais que bom!!!
    Uma semana de paz, amor e harmonia!!!
    Um abração de urso e mil beijinhos
    Bia

    ResponderExcluir
  5. Sabe Bia, penso que as ações baseadas no amor são duradouras, eternas,caso contrário, estaremos nada mais do que "caminhando de costas para a luz".
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Nossa Bia, isso foi mt bonito. Li pensando que fosse teu. E no fim a bela surpresa. Mas pensando bem, só podia ser de alguém que vem da natureza e faz parte dela, como sendo um só.
    Mt bonito!

    ResponderExcluir
  7. Oi Nina!!!
    Bem que eu gostaria de ter escrito isto...
    este poema é até mais longo mas é apenas uma parte... já li outros que fala da sabedoria dos Indios e transmite muitos ensinamentos, a convivência deles com a natureza realmente os inspira muito!!!
    Beijos
    Bia

    ResponderExcluir
  8. Oi Néia!!!
    Eu também penso assim, ainda mais nesse mundo louco... com tantos obstáculos que encontramos pelo caminho, só com muito amor para enfrentarmos mesmo!!!
    Beijos
    Bia

    ResponderExcluir
  9. Ciao BIA .

    Ho copiato la tua idea sull'amore rappresentata attraverso la poesia che hai pubblicato sulla tribu indigena Quéchua, dedicando a chi segue il mio blog LA SPEZIA delle immaggini su una via particolare unica al mondo , " la via dell'amore " che si trova nel parco delle 5 terre , nella mia regione .
    Effettivamente hai un poco ragione attraverso il tuo commento a dire che vivo in un territorio paradisiaco , tutto intorno a me è molto bello , infelicemente ho accanto poche persone con cui dividerlo.

    un abbraccio a te e i tuoi lettori.

    ResponderExcluir
  10. Ciao Antonio!!!

    Che bello! Meglio ancora sapere che esiste davvero un posto chiamat " la via dell'amore ", questa posto meraviglioso. Le foto bella locale.
    Grazie per l'arresto da parte, sempre il benvenuto

    Un abbraccio

    Bia

    ResponderExcluir
  11. Bia...
    Esse Italiano vai óptimo!
    O texto é lindo...os índios eram homens sábios.
    Que seria de nós sem amor!!!
    Beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  12. Oi Loli!!!
    Vai lá no blog do Antonio conhecê-lo, ele é muito legal, estou até aprendendo italiano...
    Eu gosto muito da sabedoria dos índios.
    Ah!!! O amor, os poetas sabem descrevê-lo tão bem, nas músicas e nos filmes também é tudo tão perfeito, pena que na vida há tantos desencontros.
    Beijos
    Bia

    ResponderExcluir
  13. Antes de comentar, quero pedir desculpa, Bia, pela minha ausência a este blog que deveria ser visitado frequentemente. Tenho andado dum lado para o outro feita "barata tonta" e quando deveria visitar os amigos, estou sem tempo. Peço, portanto, desculpa.

    E bom, Bia, sabermos que ainda temos seres humanos que teem uma filosofia de vida linda e segui-los deveria ser apanágio de quem anda à deriva, mas gostaria de viver em amor.
    Beijinhos e parabéns por viver atenta ...

    ResponderExcluir
  14. Oi Maria!!!
    Sempre fico muito feliz com sua visita e com suas palavras tão verdadeiras e inteligentes, fico realmente impressionada com essa visão tão consciente da vida, adoro isto. Obrigada mesmo!!!
    Beijinhos
    Bia

    ResponderExcluir