terça-feira, 27 de janeiro de 2015

FANATISMO

O fanatismo e o terrorismo é fruto de mentes doentes, não atribuo este mal a religião pois acontece o mesmo com o futebol e na política...  O que torna as pessoas inimigas não é a religião e sim o ódio que advém da inveja, das divergências de gosto, do dinheiro, do futebol, etc... o futebol é a mesma coisa, pessoas se matam por causa do futebol, o esporte é saudável e divertido mas quando tem fanáticos eles brigam e até se matam, em relação a religião é a mesma coisa, o dinheiro a mesma coisa, o gosto a mesma coisa, desde que o mundo é mundo as pessoas se reúnem por afinidades de gostos e de preferências,  como por exemplo: grupo de hippies, punks, patricinhas, peruas, entre outros...  as pessoas formam clãs no qual elas tem afinidades e gostos, sempre haverá divisões porque as pessoas são diferentes e querem coisas diferentes e a religião não tem nada a ver com isso, sempre por trás da religião tem um ser humano que vai  usar a religião para enganar e para manipular as pessoas assim como a política, esta é a realidade e não é invenção é fato concreto, então o problema está sempre  no ser humano e não nas coisas a sua volta, quem faz as coisas acontecerem  são homens racionais guiados pelo bem ou pelo mal. Infelizmente o ser humano distorce tudo, inclusive atribui a Deus e a Bíblia todo o mal que eles mesmo praticam e ainda culpam a Deus por tudo, a Bíblia não prega a discórdia, o mal e a guerra pelo contrário ensina o amor, a paz , a união e a harmonia.  Qualquer tipo de fanatismo é terrível, até mesmo os fanáticos que pregam o ateísmo, porque somos livres para ter ou não religião, crer ou não em Deus, sermos ou não ateu, é o livre arbítrio e cada um faz sua escolha. Agora Deus, a religião e a filosofia são conhecimentos que ditam a norma de comportamento do bem ou do mal que você causa para si e para os outros. Penso que pessoas equilibradas sabem ter coerência e respeito com as diferenças sem partir para a guerra e a ignorância, por mais difícil que pareça, tem como conviver pacificamente, pessoas civilizadas sabem respeitar o próximo, respeito é a palavra que leva a PAZ.

Imagem: Google

8 comentários:

  1. Concordo com palavra! O problema não é a religião, a política, o futebol ou o que quer que seja, mas os radicais extremistas e a pouca civilidade de tantos e o mau carácter de muitos outros que contaminam sociedades inteiras...

    Um beijo amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente radicais extremistas, pouca civilidade e mau caráter contaminam a sociedade, resta nos acreditar nas pessoas equilibradas que lutam pela paz, conscientização e educação! :)

      Bjs

      Excluir
  2. As loucuras do ser humano, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Lisette, alguns seres humanos estão cada vez mais loucos...

      Bjs

      Excluir
  3. Bia, também acho que o fanatismo é uma doença, não tem outra explicação para esse absurdo que foge completamente de tudo que é racional. Além de assustador, nada mais irritante que um fanático por perto, Deus me livre!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mídia mostra isto todos os dias, é inacreditável do que seres desumanos são capazes de fazer, o que a gente vê de insanos completamente irracionais e malucos, péssimos exemplos, por isso tão importante valorizar as pessoas honestas, cada vez mais raras! Bom fim de semana Néia! :)

      Bjs

      Excluir