sábado, 11 de maio de 2013

MÃE


Imagem: Weheartit
Mãe é sagrada, é a fonte de tudo, origem da vida, obviamente ninguém estaria neste mundo se não fosse uma mãe, é mais do que justo que essa data seja reverenciada e cultuada com toda dignidade, viva a força da mulher, mãe, maternal e revolucionárias deste planeta.

Para celebrar a data, nada melhor do que fazer um breve histórico da sua origem, sempre gosto de enfatizar o lado histórico destes momentos tão marcantes principalmente para as mulheres, já que normalmente os que fazem as guerras são os homens, muitas vezes gananciosos e corruptos (claro nem todos), mas muito da destruição é de origem masculina e as grandes idéias revolucionárias pacifistas femininas.
    
No Brasil as festividades são comemoradas no segundo domingo de maio, assim como os Estados Unidos, Japão, Turquia, Itália, entre outros. Em outras localidades do mundo, a comemoração acontece em dias diferentes. Em Portugal  e  África do Sul é festejado no primeiro domingo de maio. Na Noruega é celebrada no segundo domingo de fevereiro. Na Inglaterra, no quarto domingo da Quaresma. No México é uma data fixa, dia 10 de maio. Na Tailândia, no dia 12 de agosto, em comemoração ao aniversário da rainha Mom Rajawongse Sirikit. Em Israel não existe um dia próprio para as mães, mas sim um dia para a família. A origem desta festividade vem dos primórdios da Grécia antiga em honra de Rhea, mulher de Cronos e Mãe dos Deuses.

Contudo, no início do século XVII, princípio da Revolução Industrial, a Inglaterra começou a dedicar o quarto domingo da Quaresma para as mães das operárias inglesas. Neste dia, as trabalhadoras tinham folga para ficar em casa com as mães. Era chamado de "Mothering Day", fato que deu origem ao "Mothering Cake", um bolo para as mães que tornaria o dia ainda mais festivo.

Mas foi nos Estados Unidos  através de Ann Maria Reeves Jarvis uma ativista social e  sua filha, Anna Marie Jarvis,  que são creditadas e  reconhecidas como as fundadores do feriado do Dia das Mães. Em 1865 a ativista organizou os Mother's Friendship Days (dias de amizade para as mães) para melhorar as condições dos feridos na Guerra de Secessão que assolou os Estados Unidos no período. Mais cedo, em 1858, Jarvis havia fundado os Mothers Days Works Clubs com o objetivo de diminuir a mortalidade de crianças em famílias de trabalhadores.

Em 12 de maio de 1907, dois anos após a morte de sua mãe, Anna criou um memorial para ela e iniciou um campanha para que o "Dia das Mães" fosse um feriado reconhecido. Ela obteve sucesso ao torná-lo nacionalmente reconhecido. A Capela do Dia Internacional das Mães foi estabelecida em Grafton para comemorar sua vitória.

Finalmente, em 1914, o então presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson, unificou a celebração em todos os estados, estabelecendo que o Dia Nacional das Mães deveria ser comemorado sempre no segundo domingo de maio. A sugestão foi da própria Anna Jarvis. Em breve tempo, mais de 40 países adotaram a data.

Anna passou praticamente toda a vida lutando para que as pessoas reconhecessem a importância das mães. Na maioria das ocasiões, utilizava o próprio dinheiro para levar a causa a diante. Dizia que as pessoas não agradecem freqüentemente o amor que recebem de suas mães. "O amor de uma mãe é diariamente novo", afirmou certa vez.



Imagem: Google


Após estes eventos, a data espalhou-se pelo mundo todo, todavia ganhando um caráter comercial. A essência da data estava sendo esquecida e o foco passou a ser a compra de presentes, ditado pelas lojas como objetivos meramente comerciais. Este fato desagradou Anna Jarvis, que estava muito desapontada em ver que o caráter de solidariedade e amor da data estavam se perdendo. Ela tentou modificar tudo isso. Em 1923, liderou uma campanha contra a comercialização desta data. Embora com muita repercussão, a campanha pouco conseguiu mudar.



Eu e minha amada e maravilhosa mãe


DIA DAS MÃES NO MUNDO

Confira em que dia se comemora o dia das mães em alguns países:

2º Domingo de Fevereiro – Noruega
1º Domingo de Maio – Portugal, África do Sul, Cabo Verde, Espanha, Hungria, Lituânia e Moçambique.
2º Domingo de Maio –  Brasil, Alemanha, Austrália, Áustria, Canadá, China, Colombia, Dinamarca, Equador, Estados Unidos, Finlândia, Grécia, Itália, Japão, Nova Zelândia, Países Baixos, Peru, Suiça, Taiwan, Turquia, Uruguai, Venezuela, Zambia
10 de Maio – México, Guatemala, Hong Kong, Malásia, Qatar, Singapura
15 de maio – Paraguai
4º Domingo da Quaresma – Inglaterra
26 de Maio – Polônia
Último domingo de Maio – França, Haiti, República Dominicana, Suécia
12 de agosto - Tailândia
15 de Agosto – Bélgica e Costa Rica (Dia de Atención de Maria)
19 de Agosto – Índia
3º Domingo de Outubro – Argentina
02 semanas antes do Natal – Iugoslávia
08 de Março – Albânia, Rússia, Sérvia, Montenegro, Bulgária, Romênia
1º Dia da Primavera – Líbano, Palestina, Egito, Jordânia, Síria, Iraque
25 de Março – Eslovênia
07 de Abril – Armênia

FONTE:  Wikipédia

Deixo aqui também em homenagem à todas as mães um comercial lindo da P & G, uma pena que muitos filhos depois que crescem esquecem tudo o que suas mães fizeram por eles. O vídeo mostra que independente dos países, classe social ou raça todas as mães parecem iguais em qualquer lugar do mundo.

COMERCIAL DE DIA DAS MÃES DA P & G

video

14 comentários:

  1. Aqui já foi o dia das mães, mas tenho que presentear a minha mãe no dia das mães do Brasil rs...

    Gostei da história. Mãe é mãe e eu amo muito a minha :)

    Kisu!

    ResponderExcluir
  2. Bia querida, linda homenagem às mães, pois a história não é para ser esquecida. Também linda foto, na bela e santa catarina. bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi Bia,
    que linda homenagem!
    Repasse a sua mãe a nossa beijoca carinhosa...
    Ótimo findi!
    Bjkas
    Mila

    ResponderExcluir
  4. Lindo!!!
    Beijo para você e sua querida mãe.

    ResponderExcluir
  5. Bia, essa data tem sido explorada, demasiadamente, pelo comércio, perdendo somente para o Natal. Queria mesmo era que os filhos amassem, respeitassem e cuidassem melhor das suas queridas mães todos os dias. Tenho o privilégio de poder contar com tudo isso por parte do meu filho amado, graças a Deus!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Bia!! Gostei de conhecer um pouco sobre a história dos Dias das Mães e também gostei do post anterior sobre Paul no Brasil. Abraços. Sandra

    ResponderExcluir
  7. Muitas outras datas perderam o sentido principal também né, natal, dia dos pais...presente, consumo! abraços

    ResponderExcluir
  8. Feliz dia das mães todos os dias.
    Linda sua foto com sua mãe Bia!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Bia!

    Parabéns pelo post! Amei demais, pois não sabia como tudo começou.

    Concordo com você: Mãe é sagrado e merece todas as homenagens e mimos num dia dedicado pra ela.

    Beijos!!!


    Selma

    ResponderExcluir
  10. Esses vídeos sempre me fazem chorar...
    Gostei de ver as datas dos outros países.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Olá Bia; excelente homenagem a todas as mães....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  12. Um magnífico texto, Bia. Parabéns pela sua completa homenagem a todas as Mães. Como Mãe de 6 flhos e avó de 11 netos, sinto-me absolutamente "em casa", neste seu trabalho...
    Um grande abraço. <3

    ResponderExcluir